ASPECTOS CULTURAIS NOS SÉCULOS XI, XII E XIII

Moderador: Moderador

Vitor

ASPECTOS CULTURAIS NOS SÉCULOS XI, XII E XIII

#1

Mensagem por Vitor »

ASPECTOS CULTURAIS NOS SÉCULOS XI, XII E XIII

A palavra "gótico "significava na Renascença o mesmo que bárbaro. É que o humanismo renascentista dividia a história em 3 períodos: a Antiguidade, a Idade Média e a Época Moderna.

Enquanto a arte do primeiro era considerada modelo de perfeição, a do segundo, período dos bárbaros, significava a decadência total da arte. O terceiro, finalmente, era tido como uma revivificação da verdadeira arte que teria atingido seu apogeu no tempo de Michelângelo ( 1475 - 1564 ), que é também o tempo de Palestrina ( 1525 - 1594 ), tido como o gênio máximo da música, modelo de perfeição.

Hoje em dia , este ponto de vista se torna completamente discutível, uma vez que a música e a arte gótica tem sua expressividade própria e não podemos considerá-la um período preparatório para a música renascentista. E é possível acrescentar, que a arte gótica, sob alguns aspectos, está mais próxima de nós, homens do século XX, do que a renascentista.

Para comentar o contexto cultural da época, é preciso situar rapidamente os aspectos políticos, sociais e econômicos dos séculos XII e XIII na Europa.

1. Aspectos Políticos

2. Polaridade Político-religiosa

3. A Arquitetura e a Escultura nos séculos XII e XIII
Gostaram deste post: 0 x

Vitor

Re: ASPECTOS CULTURAIS NOS SÉCULOS XI, XII E XIII

#2

Mensagem por Vitor »

ASPECTOS POLÍTICOS DOS SÉCULOS XII E XIII NA EUROPA



Irmãos de Limbourg. Outubro, iluminura
em pergaminho de Les Très Riches Heures du Duc de Berry. 1413-16.
Musèe Condè, Chantilly, França



Irmãos de Limbourg. Outubro, iluminura
em pergaminho de Les Très Riches Heures du Duc de Berry. 1413-16. Musèe Condè, Chantilly, França

Surgem os dois primeiros estados centrais com características modernas: a França e a Inglaterra. Paris se torna o centro cultural, tendo sido em 1257 fundada a famosa Universidade de Sorbonne.

Um dos aspectos político - sociais mais importantes do período em foco é o sistema feudal, originário do tempo de Carlos Magno ( 768 - 814 ). Sua essência era o empréstimo de terras, por parte dos reis a vassalos, que em troca do usufruto dos bens da terra, deviam lealdade e proteção ao senhor. Participaram da classe de senhores feudais altos dignatários eclesiásticos. Outro aspecto era a condição miserável em que vivia a população comum. A classe baixa da nobreza era formada pelos cavaleiros.

Inicialmente guerreiros montados profissionais, recebiam feudos como recompensa por seus serviços. Notáveis foram os reflexos na arte dos ideais cultivados pelos cavaleiros : valentia, lealdade, disciplina e culto às damas. Além da educação física e disciplinar, o candidato a cavaleiro recebia também formação poética. No século XIII começa a decadência e nos séculos XIV e XV, desaparecem os cavaleiros.

Surge uma nova classe: a burguesia, constituída de comerciantes, artesãos, funcionários, professores, etc. Esta nova classe vai crescendo e adquirindo independência da classe nobre. Surgem a partir do século XII, as corporações de artesãos, cujo papel político-administrativo cresce progressivamente em importância.
Gostaram deste post: 0 x

Vitor

Re: ASPECTOS CULTURAIS NOS SÉCULOS XI, XII E XIII

#3

Mensagem por Vitor »

O PODER DOS REIS E DA IGREJA ( POLARIDADE POLÍTICO - RELIGIOSA )

A coroação de Carlos Magno como Imperador pelo Papa Leão III em Roma ( 800 ), marcou o início da unificação político-religiosa na Europa. A idéia de um império em que o poder espiritual cabia ao Papa e o poder temporal ao Imperador, ambos unidos , dominou até o século XIII.

Nos séculos XI e XII , os Papas pretendiam o poder de destituir reis sob a alegação de que, assim como a alma é superior ao corpo, assim também o poder espiritual está acima do poder temporal . No século XIII, porém, as coisas invertem-se. A independência do poder temporal é agora exigida pelos reis e esta tensão marca profundamente a história da Europa .

Surgem muitos pensadores e filósofos: Abelardo ( 1079 - 1142 ), Alberto Magno ( 1193 - 1280 ), São Tomás de Aquino ( 1225 - 1274 ), Duns Scot ( 1266 - 1308 ) e outros. Há a separação entre Filosofia e Teologia. É nesta época que devemos procurar as raízes das Ciências Naturais.

Mas, ao lado dos grandes pensadores, os místicos acentuam que a razão é insuficiente para apreender toda a realidade e ensinam que há outras formas de conhecimento. Para S.Francisco de Assis ( 1182 - 1226 ) não é a razão mas sim o amor místico que faz o homem sentir-se unido a todas as criaturas e a Deus.
Gostaram deste post: 0 x

Vitor

Re: ASPECTOS CULTURAIS NOS SÉCULOS XI, XII E XIII

#4

Mensagem por Vitor »

A ARQUITETURA NOS SÉCULOS XII E XIII



Catedral de Chartres: Nave .
1194 - 1220

Uma das grandes manifestações da arte nos séculos XII e XIII é a Arquitetura. O estilo gótico atinge sua perfeição clássica no século seguinte. Para entendermos o contexto da música gótica, é importante conhecer aspectos da arquitetura gótica. É em Paris que estão o maior número de catedrais góticas: Chartres, Notre - Dame, Reims, Amiens. Enquanto a arquitetura românica tem elementos como "a forma unificada, simples, expressando permanência e com isto eternidade, severidade e com isto solenidade, grandeza e com isto sublimidade, clareza incisiva e com isto a generalidade do monumental" ( Hamann ) , a gótica adquire um dinamismo desconhecido até então.

A grande novidade técnica são as abóbadas de ogiva e o estudo racional da distribuição das pressões, permitindo aos arquitetos atingir a superação da gravidade. A interrupção das paredes, já não mais as espessas paredes do estilo românico, por vitrais coloridos, introduz a luminosidade para dentro da igreja.

Ao entrar numa catedral gótica, o espectador sente-se arrastado para o alto, para o infinito.
Gostaram deste post: 0 x

Voltar para “Dicionário Musical”

×